Minha lista de blogs

domingo, 12 de janeiro de 2014

A PAIXÃO ALTERA A QUÍMICA DO CORPO


A PAIXÃO ALTERA A QUÍMICA DO CORPO
Por Nicéas Romeo Zanchett 
               A paixão pode ser uma perigosa fronteira entre o amor e a loucura. Ela sensibiliza todo o corpo e altera seu funcionamento neuroquímico.  Esse desequilíbrio, quando muito acentuado, leva o apaixonado a um estado de loucura muito perigoso. O corpo sofre alterações orgânicas pelo poder irresistível dos hormônios sexuais. É tão poderoso que altera até mesmo a aparência física, transformando-se tanto num tratamento de beleza, quando num destruidor de belas feições. A origem da pele é a mesma do sistema nervoso, a "crista neural". Tanto que nos casos de estresse e de infelicidade aparecem micoses, eczemas, psoríases e até queda dos cabelos. 
                 O apaixonado nem percebe que está à beira do abismo. Ele se anula, investe tudo na pessoa amada e não consegue ver mais ninguém ao seu redor. Trata-se de um doente de paixão que vive obcecado pelo medo de perder a pessoa amada. É capaz de verdadeiras loucuras para agradar o outro e muitas vezes nem pode se concentrar naquilo que quer falar ou fazer.  
                 É quando uma das partes resolve romper o relacionamento que os maiores problemas afloram com grande intensidade. O ciume e a desconfiança de traições desarticulam totalmente o ego do apaixonado. Seu primeiro pensamento é que foi traído. Isto de torna ainda pior quando acompanhado pela vergonha e pelo sentimento de culpa pelo fato de ser ciumento. Esses sentimentos gerados pelo ciume são tão primitivos que muitas vezes o arrastam a atitudes completamente fora do seu padrão habitual. Portanto, amor com paixão desenfreada é muito perigosa e muitas vezes acabam em bárbaros crimes. 
                 Já a paixão equilibrada é maravilhosa para todo o corpo e o sistema emocional. É a paixão estruturada que gera felicidade e é o melhor cosmético que a própria natureza produz para a beleza. Quando a pessoa está apaixonada a pele fica mais bonita, os olhos brilham, os cabelos ficam mais sedosos. 
                A relação amorosa verdadeira sempre cria laços único, talvez os mais intensos que somos capazes de formar. Além do envolvimento sexual, há a união, a cumplicidade e a entrega sem limites.
Nicéas Romeo Zanchett 


Nenhum comentário:

Postar um comentário