Minha lista de blogs

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

O BOM ORGASMO NÃO DEPENDE DO PÊNIS


O BOM ORGASMO NÃO DEPENDE DO PÊNIS
Por Nicéas Romeo Zanchett 
                   O orgasmo é o ponto culminante do sexo. Trata-se de um fluxo de intenso prazer, a sensação de estar fora de controle. As mulheres reagem de maneiras diferentes. Algumas gritam de prazer, outras apenas tem uma quieta sensação de conforto. 
                    Muitas mulheres não se preocupam com o orgasmo no momento do ato sexual com um parceiro; algumas até preferem o prazer do ato em si e nem fazem questão de ter orgasmo naquele momento. Acredita-se que cerca de 50% das mulheres não tem orgasmo durante o intercurso e outras acham que só podem ter orgasmo com a estimulação direta do clitóris e não apenas com o intercurso. Algumas, mesmo gostando muito de fazer sexo,  ficam preocupadas em não gozar  porque acham que isso perturba seus parceiros. 
                    A maioria dos homens se preocupa muito mais com o tamanho do próprio pênis do que as mulheres. Evidentemente que se trata de desconhecimento da verdadeira anatomia da vagina das mulheres; é nos cinco primeiros centímetros que a vagina tem terminais nervosos. É bom lembrar, também, que as mulheres tem muito mais prazer sexual com o clitóris do que com a vagina.  
                     Há pênis de todos os tipos e tamanhos, mas, normalmente, as diferenças não são tão evidentes durante a ereção. Os comprimentos, nesse caso, variam entre 12 e 18 centímetros, em geral. A ideia de que as mulheres preferem um pênis grande é tolice. Muitas até tem medo do tamanho, pois acham que podem machucar. Para estas é bom lembrar que a vagina é o canal elástico por onde nascem os bebês. Portanto, não tem dificuldade alguma em se adaptar a qualquer tamanho de Pênis. Entretanto, em alguns casos, quando é exageradamente comprido, podem causar desconforto. As preliminares, principalmente o sexo oral, são importantes porque excitam e relaxam os músculos.  Normalmente a vagina fica lubrificada  na excitação do sexo, mas, se você sofre de secura e dor, há lubrificantes artificiais para solucionar o problema, especialmente os gelatinosos.  Na menopausa, quando isso acontece, o médico pode receitar tratamento com hormônios. 
                    Não existe vagina pequena. Se parece muito pequena ou tensa antes do sexo, é porque a mulher pode estar com vaginismo. O vaginismo é uma incapacitação para fazer sexo e ocorre muito comumente. Há casos em que os músculos da vagina ficam tão tensos que a penetração do pênis é praticamente impossível.  Os motivos são invariavelmente psicológicos. Geralmente devido à repressões, à ideia de que o sexo é sujo, um medo patológico da gravidez.   Nesse caso é bom consultar um ginecologista e pedir orientações. Aquelas que procuram ajuda médica mais depressa são curadas mais facilmente. 
                      A parte mais sensível da vagina está nos primeiros cinco centímetros. Entretanto, a área de prazer para a mulher, fica um pouco fora - é o clitóris. Por essa razão não há mulher que não se renda a um suave toque de língua em seu clitóris.
                      Algumas vezes a vagina perde seu tônus muscular - frequentemente após o nascimento de bebês.  Você pode rejuvenescê-la  tensionando a bacia pélvica e os músculos da região tanto quanto puder. O charme desses exercícios é que você pode fazê-los onde estiver - na rua ou no trabalho - e ninguém notará. Mas é preciso que sejam feitos com a intensidade necessária, até darem resultado. 
.
Nicéas Romeo Zanchett 

LEIA TAMBÉM >>> AMOR E SEXO - VOLUME 1





Nenhum comentário:

Postar um comentário